Quando vi essa bailarina por entre as árvores do jardim botânico pensei imediatamente em fotografá-la, mas  eu queria uma imagem que eu pudesse encontrar a bailarina, não de forma nítida e sim meio desfocada. Na verdade o pensamento sobre a  imagem acontece quase que instantaneamente. O que eu sabia era que a vegetação tinha que ficar em primeiro plano e que a bailarina apareceria por entre as folhas verdes sem pudesse ser identificada, meio esfumaçada, como se fosse a moça do sonho.

3 ideias sobre “o olho busca o que lhe interessa

  1. Iva Castro

    Uma bailarina num Jardim Botânico, imagem singular que merece um clique. E de forma elaborada ficou ainda mais encantador. Excelente trabalho. Pbs.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s