pedaços

nunca se falaram, provavelmente. aleatoriamente se encontraram e desfrutaram do mesmo espaço. nunca se olharam, talvez. mas, respiraram o mesmo ar. esperaram o mesmo tempo, o tempo da travessia. e eu, observando, juntei os pedaços. coloquei seus pedaços em confronto. estabeleci contato entre eles. nunca eles imaginarão, mas  o olhar, as lentes juntam partes que parecem irremediavelmente perdidas no tempo.

pedaçospedaçospedaçospedaçospedaçospedaçospedaços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s