espelho

toalha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Minhas imagens são improváveis,
como minha vida errante,
transitam numa distância que
não alcanço.
A pura ficção de uma realidade
invertida em espelhos quebrados,
apanhadas em meio a restos de um
dia qualquer.
Arrasto do mundo que vejo
fragmentos que sobram dos outros
e que em mim se encaixam
exatamente no descaso da minha
atenção.
São pedaços de um exagero caído,
por um caminho esquisito com
contornos vacilantes.
Dispenso as cores e os brilhos,
os azuis e os laranjas,
o clamor da admiração.
Opto pela dificuldade do embaraço
para trazer de um fundo falso e
sensível minha essência opaca e viva.
Nesse mergulho recolho tempos
de um tempo que não sei o destino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s