Arquivo da tag: lightroom

rosa incandescente

foto_2

Tenho bobagens importantes. Disse Clarice Lispector no livro Legião Estrangeira: “Por que publicar o que não presta? Porque o que presta também não presta. Além do mais o que obviamente não presta sempre me interessou muito. Gosto do modo carinhoso do inacabado, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno voo e cai sem graça no chão.”

Continuar lendo

moça

 

foto_248

moça

 

Moça, tua saia é linda
mas muito mais linda
que a tua saia
é o teu palavreado.
Moça, teus olhos traduzem,
mas as letras que teus olhos cospem
clareiam teus gestos escondidos
com a tua fala firme,
e eles, ainda que afoitos e verdes,
tornam-se fortes e irradiantes.
Moça, teu cabelo é suave
voa nos ventos fortes,
se espalha pelo meio,
eles são a tua cortina
que esconde o teu semblante
transparente
que protege a tua feição
atraente
Teu gesto é honrado, moça!
tua boniteza não aprende
ela pode ser contente
mas, tu moça
es mais que somente dentes
es fruto verde e maciço
cercado de nutrientes
e beneficios imponentes
aos teus fieis penitentes.
Moça tu es a força
da beleza que aparece
pra todo o mundo ver
mas só quem te conhece
desfruta de tamanho saber.
Senta aqui, conversa agora
conta de ti, mas
apenas conta
e mantém cativo
aos teus íntimos
teu gesto repleto
de exuberância e lealdade.

 

foto_159

uma garota
um garoto
olham-se

um garoto
e outro garoto
querem-se

uma garota
e outra garota
enrolam-se

o amor reage
o amor acode
o amor concede

o amor não prefere
o amor não esconde
o amor não protesta

amor quando é amor deve.
quem reclama é o desamor!