Arquivo da tag: poesia pequena

Falo

agisjunior 8.jpg

Depois de tudo,
após cair a tarde
senti a dor do que não vivi

Sem saber sentir
me despi
e nu fiquei
com olhos fixos,
acesos
assistindo os fatos
me violentarem

Em cada fato
um falo
Em cada falo
uma fala
guardada na dor
disfarçada
da minha ignorância.

Gozei
dores
dissabores
amores…

melancia

agisjunior_114

Melancia
companhia
suculenta
Do vermelho
mastigado
pelo dente
branco
triturador
de sonhos
pequenos
delirantes
Do vermelho
com pingos
do preto,
semente
grelada
produtiva
da melancia
suculenta
apontando
que alimenta
de água
doce
doce
doce
pra sentir
o sabor
doce
de sonhos
viajados
na imaginação
soberba
assustada
necessitada
de cores
sabores
odores
marcado
do amor
vivido
saboreado
terminado
ressentido.