Arquivo da tag: poesia

ela varia

ela varia

Não liguem
Ela varia
Ela pode ser dia
Uma clara calmaria
Ela pode ser fria
Uma nítida antipatia
Ela até pode ser noite
Uma clara escuridão
Sem mão nem clarão
Fechada e arisca
Ninguém
Se arrisca
Ela belisca, dói
Destrói o dia…
E mesmo sendo noite
Ela parece dia
É isso…
Ela varia
Ela pode ser rio
E até mar com maresia
Ela é poesia
Depende do dia
Ela varia
Ela até faria mar
mas voaria
E perturbaria
um dia de calmaria
Ela varia.